O mais poderoso arquétipo de sedutor

O Raquette – O mais poderoso arquétipo de sedutor

Pergunta de leitor:

E ai Swinggcat

Aqui é o Tomi. Enviei emails pra você algumas vezes falando sobre como seu livro é genial e eu fiquei com essa pergunta em mente que realmente me deixa confuso MAS eu resolvi contar o que tem funcionado pra mim e como estou fazendo. Então vou deixar tudo escrito aqui agora para registrar.

Estou no capítulo 11: Push-Pull. Nos últimos meses eu posso dizer que definitivamente minha zona de conforto aumentou, e honestamente eu pensei que nunca aconteceria algo assim. Ainda tenho coisas pra resolver mas eu posso ver a melhora, estou progredindo.

Estou trabalhando no meu personagem e me tornando o que eu quero me tornar, quem eu sempre fui mas não conseguia mostrar. Isso me dá confiança, me levando para uma realidade mais forte e eu estou vendo mesmo o que você quis dizer em uma de suas citações,  “a relação entre a aparência da mulher e como ela reage a você é tão forte quando uma garotinha de 6 anos de idade”. Isso me faz rir porque em muitos casos é uma verdade tão grande :P.

Eu sei que sou não-reativo, e é muito mais fácil ser assim porque permite você construir premiabilidade. Estou trabalhando ainda no meu meta-plano, eu não estou mesmo certo do que eu quero em uma garota e há muitas direções para ir.

De qualquer modo quando você ler isso eu estarei na parte push-pull do livro, iniciei a parte 3 a mais ou menos uma semana atrás e eu gostei :) Mas uma coisa que eu não pude entender foi  ‘O Coquette’ e ‘O Rake’. Você disse que o  Coquette era a personificação do push, mas ao invés de empurrar a mulher, ele as puxa. Foi logo após a parte falando sobre push, então eu entendi que era pra ser um push, mas isso também puxa a mulher. Estou confuso, estou realmente confuso em diferenciar o push do coquette.


- Tomi de Ontario

Resposta de Swinggcat:

Tomi,

Parabéns por aumentar sua zona de conforto. Você e eu sabemos o resultado de fazer os exercícios do Capítulo 2.

Lado engraçado da história: Quando eu era criança, minha mãe me convenceu a ir em um terapeuta para “superar” minha timidez.

Ele me encheu com alguma psicolorota sobre como sua personalidade é gravada na pedra ao redor dos sete anos. Ele me disse, “Se você é tímido, vai ser sempre tímido… e não há nada que você possa fazer sobre isso… a chave é aprender a aceitar.”

Todos que fizeram os exercícios do capítulo 2 sabem que isso é um monte de besteira.

“Estou construindo meu personagem e me tornando quem eu quero me tornar, quem eu sempre fui e não conseguia mostrar.”

Vou arriscar um membro aqui e adivinhar que isso é o resultado da leitura do Capítulo 1: Desenvolvendo Os Atributos De Um Homem que A Mulher Responde Como Ele Sendo Um Prêmio.

Como você sabe, desenvolver esses atributos transforma você no homem que você sempre quis ser mas não podia.

“Estou vendo mesmo o que você quis dizer com sua citação, “a relação entre a aparência da mulher e como ela reage a você é tão forte quando uma garotinha de 6 anos de idade”. Isso me faz rir porque em muitos casos é uma verdade tão grande :P.

Sim. Muitissimos caras pensam que sua aparência os impede de conseguir a mulher de seus sonhos. Antes de abordar a garota, eles pensam, “Como será a minha aparência comparando com a dela?”

“Se minha aparência parecer pior que a dela,” eles acreditam, “Vou conseguir uma reação ruim.”

Mas isso não é verdade. Eu já conheci uns 100 quilos de mulheres com mais pelos faciais que um adolescente atleta e com o ego do tamanho de um balão de ar quente. Por outro lado, já conheci modelos com a confiança de um cachorro espancado.

Mais importante, sua aparência desempenha apenas um pequeno fator em determinar como a mulher vai reagir a você.

Sua confiança, inteligência social, e habilidade de atrair mulheres é muito mais importante.

“Mas uma coisa que eu não pude entender foi  ‘O Coquette’ e ‘O Rake’. Você disse que o  Coquette era a personificação do push, mas ao invés de empurrar a mulher, ele as puxa. Foi logo após a parte falando sobre push, então eu entendi que era pra ser um push, mas isso também puxa a mulher. Estou confuso, estou realmente confuso em diferenciar o push do coquette.”

O coquette e o rake são arquétipos clássicos de sedutores. Cada um personifica metade de um Push-Pull.

O coquette intoxica as mulheres dando um passo atrás. Seu poder está na habilidade de chamar atenção e interesse brevemente da mulher, sua falta de aprovação, sua auto-suficiência, e sua aprovação critica suas fraquezas.

Enquanto ele proativamente as empurra, ele termina as puxando. Melhor, as empurrando, ele dispara uma tensão sexual e compele elas a ganhar ele. (Espero que isso responda sua pergunta.)

Uma grande parte de como interpretar o coquette é ser não reativo.

A maioria dos homens pensa que ser não reativo é manter suas emoções sob controle quando a mulher te provoca, testa, desafia ou te ridiculariza.

Isso é uma parte.

Aqui está a outra parte…

Você já riu de uma piada de uma mulher que você não achou nenhuma graça?

Por que você fes isso?

Talvez você não quisesse parecer um idiota.

Talvez você tenha se sentido mal por ela.

Talvez você temesse querar o rapport.

Talvez você quisesse que ela gostasse de você.

Acredite ou não, o coquette não riria.

Isso pode parecer um pouco mal-educado.

Mas quando você ri de uma piada sem graça de uma mulher, você está tentando ganhar a validação dela.

Ou, ainda pior, deixar ela tão entediada que ela vai ser tão sincera quanto um vendedor de carros usados.

Essa resposta reativa pode funcionar por um momento, mas ao longo prazo, acaba com sua premiabilidade.

Por o coquette atuar não-reativo, a garota se sente emocionamente direcionada a fazê-lo rir. Em outras palavras, ela encontra dificuldades em conseguir sua validação, transformando ele em um prêmio que ela quer ganhar.

Você deve se prevenir de rir mesmo quando achar uma piada engraçada?

Mais cedo ou mais tarde, as mulheres vão perceber seu jogo mental e elas vão te achar tão apelativo quanto uma bolota de merda.

O rake é a personificação do Pull.

De acordo com o psiquiatra suiço Carl Young, todos carregam uma sombra. Este é o lado deles reprimido pela sociedade. Uma grande parte da sombra das mulheres é desejo sexual.

Triste, pois a sociedade desvaloriza mulheres de expressar completamente seu desejo sexual. Isso faz a sombra delas crescer e causa uma batalha interna entre algemar essa sombra dentro de si ou deixá-la sair.

O rake é um mestre em convencer as mulheres a deixar sua sombra sair. Ele faz isso dando as mulheres validação e atenção. Seu poder está em deixar as mulheres saberem que têm afeto sexual por ele.

Primeiramente, a mulheres resistem, mostram desagrado, ou acusam ele de ser um aproveitador. Mas secretamente isso faz com que elas o achem sexy. Mais cedo ou mais tarde, elas deixam a sombra sair.

Os mais poderosos sedutores são os que chamo de raquettes.

O raquette é um híbrido: metade rake, metade coquette. Ele é um expert em Push-Pull: metade do tempo afasta as mulheres; a outra, as puxa.

Este coquetel de Push e Pull preenche a mulher dos pés a cabeça de tensão sexual, dando a você o poder de levar a interação na direção que você quiser.

Seu Fiel Dating Coach,

Swinggcat

  1. #1 by Narzelino on 25 de julho de 2012 - 09:33

    como posso obter vossas publicacoes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>